Pergunte à Riot: Friaca Irada, abates e universo

Por: Rumtumtummers

Boas vindas ao Pergunte à Riot!

Falaremos sobre a Friaca Irada, escritores do Universo e abates no competitivo. Olá! O primeiro aniversário do Pergunte à Riot está chegando e, para comemorar, teremos Marc “Tryndamere” Merrill e Brandon “Ryze” Beck, os co-fundadores da Riot e co-criadores do League, respondendo um monte de perguntas. Se você quer perguntar algo para os caras que começaram isso tudo, a hora é essa!



Existe alguma chance do modo da Friaca Irada (ou qualquer modo 1 contra 1) voltar no futuro?

O modo 1 contra 1 da Friaca Irada não funcionou muito bem. A ideia pareceu divertida mas, quando lançamos, ele não fez muito sucesso. Talvez pudéssemos executá-lo de uma maneira mais interessante, mas o modo precisaria ser refeito, e se compararmos a Friaca Irada com modos mais novos como o Lua Sangrenta, essa troca parece não compensar.

Esse modo acabou funcionando melhor como uma experiência para espectadores em torneios ou eventos de eSports (como o All-Stars). Achamos que o modo ainda terá seu lugar nos torneios (além disso, é divertido ver jogadores profissionais no 1 contra 1).

L4T3NCY, Líder de Desenvolvimento dos Modos de Jogo Rotativos



Vocês veem problema em partidas competitivas com poucos abates?

No fim das contas, eSports é um esporte voltado para o espectador. Se não for divertido de assistir, as pessoas vão fechar a transmissão. Isso não significa que você precisa sacrificar sua estratégia e tomadas de decisão em prol do banho de sangue, mas todo mundo que ver a ação acontecer.

Não tem problema se algumas partidas tiverem poucos abates, essa raridade acaba tornando a situação interessante. Só que se poucos abates se tornarem padrão e o público começar a ficar desinteressado, bem, aí precisaremos intervir.

Nosso foco está no equilíbrio, quando as partidas estão competitivas e divertidas para os profissionais mas, ao mesmo tempo, são incríveis de assistir e torcer.

Ghostcrawler, Diretor de Design



O que a Riot procura em escritores voltados para narrativa e criação do universo?

Eu busco quatro principais coisas:

  • Muita atenção aos detalhes e capacidade de enxergar além do óbvio. Escritores do universo devem conseguir costurar detalhes bonitos nas histórias de League que, ao mesmo tempo, fortelecem e parecem naturais para níveis maiores de design. Os melhores escritores com quem trabalhei conseguem impressionar através de detalhes, me levando para um mundo onde parece que estou vendo tudo na minha frente, mas se dou um passo para trás, vejo que aqueles detalhes fazem parte de uma história muito maior. Isso é importante quando você trabalha com fantasia - afinal, os detalhes são os que dão vida ao local, fazendo com que ele pareça real. Quando um arco maior de história faz sentido, o impacto é visível e profundo.
  • Em termos de criação para o universo, nenhum escritor trabalha sozinho. Saber se comunicar muito bem é essencial. Quando um escritor pensa em um novo nome, lugar, evento ou personagem, ele discute com seus colegas para garantir que aquela novidade vai parecer natural, fazer sentido, ser única e enriquecer nossa história. Estar confortável ao dar e receber feedback também é crucial. No fim do dia, contamos uma história coletiva. Não é fruto da visão ou ideia de uma pessoa só. São muitas vozes, estilos e imaginações soando juntas, então se comunicar sempre é a chave para um resultado harmonioso.
  • Flexibilidade e versatilidade. Nosso universo é diverso e ENORME. Isso significa que nossos escritores precisam usar muitos músculos diferentes em momentos distintos para manter o equilíbrio entre vários campeões e partes do universo. Não vemos problema em ter um nicho preferido, mas os melhores escritores conseguem viajar entre meios, tons e gêneros, contando as histórias certas na hora certa.
  • Experiência. Nossa equipe é dinâmica e novos escritores precisam chegar com tudo, por isso valorizamos tanto a experiência profissional. Não importa se sua experiência é escrevendo para jogos, filmes, televisão, quadrinhos ou prosa - mostre para nós as coisas incríveis que você escreveu, assim veremos o tom único que você trará para o League.

Riot Tiger Lily, Editora, Equipe de Narrativa


Tem uma pergunta? Vá até o Pergunte à Riot e acesse sua conta do League. Confira o que pode e o que não pode e envie sua pergunta.

Pergunte à Riot

Prometemos ler todas as perguntas, mas não garantimos que todas elas receberão respostas. Algumas perguntas podem já ter sido respondidas em outro lugar ou não são apropriadas para o Pergunte à Riot. Este não é o lugar ideal para anunciar novos produtos ou recursos, e os assuntos que já foram discutidos a fundo em outros espaços provavelmente serão ignorados (mas podemos esclarecer pontos individuais).

Apesar disso, estamos sempre ouvindo, então continuem perguntando. Vamos garantir que suas perguntas sejam vistas por Rioters que estão trabalhando nas coisas que vocês têm curiosidade.


2 months ago