Dev
A clareza no LoL

Caixas de colisão, paletas de cores, silhuetas, gatos, skins e muito mais.

DevAutorbananaband1t
  • Copiado para a área de transferência

E aí, galera! O assunto de hoje é a clareza de jogo no LoL. Esse é o tipo de coisa em que sempre pensamos por trás das cortinas, mas que só fica evidente mesmo quando pisamos na bola – uma skin difícil de entender ou uma caixa de colisão que não corresponde a um efeito, por exemplo. Num mundo perfeito, nada disso aconteceria mas, com mais de 150 Campeões e 1.000 skins – sem contar itens, runas e objetivos neutros –, é sempre possível errarmos às vezes.

Ainda assim, achamos que podemos melhorar, por isso focamos mais na clareza da mecânica de jogo nos últimos anos. Vocês vão notá-la em coisas como atualizações de efeitos visuais e sonoros dos Campeões, mas a mantemos em mente durante todo o desenvolvimento. Por isso, gostaríamos de contar como ela é colocada em prática em Campeões e skins.

Mas, primeiro, vamos falar sobre os nossos objetivos.

Os Votos Perpétuos

Para nós, a clareza é a capacidade de compreender e reagir ao que está acontecendo no LoL. Obviamente, num jogo tão competitivo quanto o nosso, isso é um aspecto muito relevante.

Nós nos dedicamos a três objetivos principais:

  1. Em primeiro lugar, vem o de transmitir a mecânica de jogo de forma clara. Os efeitos visuais e sonoros do LoL devem ajudar as pessoas a identificar e reagir a Campeões, habilidades e ataques. Além disso, ver as mecânicas em ação deve ser o bastante para entendê-las.
  2. O segundo objetivo é o de sempre preservar a hierarquia. Falando de um jeito menos chique, queremos dizer que o acontecimento principal de cada momento (uma ult grandiosa ou um CG) é o que mais deve chamar a atenção. Portanto é necessário manter uma hierarquia adequada tanto no kit dos Campeões quanto entre eles e os demais elementos da mecânica de jogo (como o efeito dos itens).
  3. Por último, buscamos reduzir os ruídos ao máximo. Não estamos falando apenas de sons: os ruídos visuais também se multiplicam rapidamente, podendo atrapalhar a tomada de decisões das pessoas em confrontos de equipe. É legal se exibir, ainda mais com uma skin, mas isso tem um preço. (Exceção: até certo ponto, as habilidades cujos efeitos mecânicos são grandes podem e devem ser chamativas.)

Agora vem a parte divertida: a criação dos Campeões guiada pela clareza.

Ults, gatos e AGPCs

Em se tratando de clareza em Campeões, há duas considerações principais: silhuetas e habilidades.

Silhuetas

As silhuetas são o fator-chave no reconhecimento dos Campeões do LoL.Elas são basicamente as sombras dos Campeões, uma versão toda em preto deles.

02_Champ_Silhouettes.jpg

Uma silhueta boa é aquela que transmite a característica principal e única do Campeão: pense no Canhão Relicário da Senna, na espada lunar crescente da Diana ou... na forma felina da Yuumi. Tal característica nunca deve ser alterada, nem mesmo durante a criação de skins.

As silhuetas também incluem animações, mas, idealmente, esse é um diferencial extra, não o principal. Por exemplo, a figura magricela do Ivern já chama a atenção, mas o andar cômico ajuda a deixá-lo ainda mais reconhecível.

03_Ivern_Walk.gif

Já o Lee Sin tem uma forma bastante genérica, então grande parte da silhueta dele é expressa pelas animações. (E está tudo bem, apesar de isso complicar a criação de skins, sobre a qual vamos falar logo mais.)

04_Lee_Sin_Animation.gif


Além de tornar o Campeão reconhecível, a silhueta também destaca a fonte de poder dele, algo importante principalmente para jogadores iniciantes, que têm que aprender as habilidades de mais de 150 Campeões. Ao verem alguém armado com um arco, vão assumir que essa pessoa disparará flechas à distância. Já um Campeão que brande um cajado provavelmente conjurará feitiços. E um que tem joelhos de escopeta vai... atirar... neles?

05_Urgie_Knees.jpg

O tamanho da silhueta também pode dar uma pista sobre a função dos Campeões. Por exemplo, os que têm armaduras mais volumosas provavelmente são tanques ou lutadores; já um yordle pequeno e inocente, não.

06_Garen_Teemo.jpg

Por fim, mas não menos importante, cabe à silhueta deixar claro para qual direção o Campeão está voltado. As pessoas devem saber imediatamente se um inimigo está avançando ou fugindo delas.

Habilidades

A segunda consideração principal na hora de dar clareza a um Campeão são as habilidades. É um aspecto que pode causar frustração facilmente, ainda mais quando as caixas de colisão não condizem com os efeitos. Nos últimos anos, alguns dos Campeões mais antigos do LoL ganharam efeitos visuais novos, pois estavam deixando a desejar, e faremos mais atualizações do tipo em 2021, começando pelo Hecarim

Além das caixas de colisão, também é essencial que haja, entre as habilidades, regras de hierarquia. Isso quer dizer que o tanto de atenção que uma habilidade atrai deve corresponder ao nível de importância dela.

A importância de uma habilidade depende de vários fatores, como…

  • Quanto dano ela causa? As habilidades que causam mais dano devem ser mais chamativas. O Q da Zoe é um caso bem-sucedido: é brilhante, saturado e emite um som previamente.
  • Gera CG? As habilidades que geram um CG pesado ou prolongado devem se destacar. O atordoamento provocado pelo Taric é um bom exemplo: é brilhante, vem acompanhado de um som e tem uma caixa de colisão bem definida.
  • Dá para desviar dela? Se sim, deve chamar mais atenção. Apesar de não ser uma habilidade, o Cometa Arcano serve como um mau exemplo disso: o grande círculo no chão indica que as chances de desviar dele são maiores do que na realidade.
  • Afeta bastante a partida? Devem ser chamativas as habilidades que mudam drasticamente o modo como as pessoas jogam com e contra elas. Os efeitos visuais e sonoros da ultimate da Kayle exemplificam bem isso: é uma ult evidente, mas causa muito impacto.

Morgana_Hierarchy_For_Loc_por-BR.jpg

Além da preservação da hierarquia, algumas considerações específicas sobre a mecânica de jogo influenciam os efeitos visuais e sonoros das habilidades. Cliquem na imagens para saber mais!

Fazendo um Bolo

O principal desafio que se impõe à clareza das skins é criar algo que seja significativamente diferente do Campeão base, mas sem deixá-lo irreconhecível. Se o mudamos de mais, perdemos a clareza no jogo. Mas, se mudamos de menos, o resultado fica sem graça..

Pode-se dizer que criar skins é como fazer um bolo, e é preciso saber dosar a quantidade certa de cada ingrediente – animações, efeitos visuais e sonoros etc. Nosso objetivo é fazer um bolo maravilhoso, sem pesar a mão em nada.

A quantidade de cada ingrediente varia de skin para skin. Quando focamos nos efeitos visuais e sonoros, deixamos o modelo e as animações parecidos com a versão base. Se caprichamos na animação, mudando-a completamente, compensamos o excesso em outro ingrediente. Terminado o preparo, o resultado final deve permitir que o Campeão sempre seja facilmente identificado. Por isso, nunca vamos exagerar na quantidade de todos os ingredientes, ou criaremos algo legal mas que prejudica gravemente a clareza.

Vocês ligam para o quê!?

Agora que esclarecemos o conflito eterno entre clareza e beleza, vamos explorar alguns detalhes.

Silhuetas

A silhueta de um Campeão pode ser dividida em três partes: primária, secundária e terciária. A característica primária nunca deve ser removida ou significativamente alterada em skin alguma. Nunca daríamos uma arminha de brinquedo à Senna nem transformaríamos a Yuumi em um ser humano.

Temos uma liberdade maior para brincar com características secundárias e terciárias, principalmente se a primária for muito marcante. A Senna Velho Oeste é um ótimo exemplo: a silhueta é nitidamente diferente da versão base, mas a arma icônica da Campeã permite que ela seja reconhecida logo de cara.

Chega a ser desafiador criar skins Lendárias (ou Ultimate) para Campeões cujas silhuetas são expressas por animações. Isso acontece porque mudar as animações causa mais impacto nas silhuetas, levando a um exagero em um dos ingredientes do bolo. Ao acrescentar efeitos visuais e sonoros chamativos e alterar o modelo, é fácil apagar a identidade dos Campeões. É por essa razão que queremos que cada novo Campeão tenha uma característica primária marcante.

Habilidades

Usamos as habilidades dos Campeões para medir a clareza durante a criação de skins. Em outras palavras... Cada habilidade deve ser, no mínimo, tão clara quanto é na versão base, pois as skins não devem fornecer vantagem competitiva. As habilidades podem ser um pouquinho mais claras com as skins do que com a versão base, mas não queremos prejudicar ninguém, então prezamos por clarezas equivalentes.

A linguagem de formas já estabelecidas deve ser aplicada nas skins também, como as linhas descensionais nos escudos de feitiço.

Também temos que manter a hierarquia entre as habilidades e evitar excessos, isso é, precisamos tomar cuidado ao acrescentar sons e imagens, mas nem sempre conseguimos. Queremos criar as skins mais incríveis do mundo, mas equilibrar essa vontade e a hierarquia e os ruídos da mecânica de jogo é como andar numa corda bamba.

Nosso objetivo é lançar skins legais nas quais as habilidades sejam claras até mesmo nos confrontos de equipe mais caóticos. Pensando nisso, fizemos algumas alterações específicas durante o desenvolvimento devido a vários problemas de clareza. Deem uma olhada:

Mapas

Vamos às considerações finais, começando pelos mapas. Não é surpresa para ninguém que as skins devem ter clareza independentemente do mapa. Nem sempre mandamos bem nisso, mas agora conferimos como as skins ficam em cada mapa para garantir que não apareça mais nenhuma Taliyah de Freljord em Howling Abyss.

Transformações

É importante que quaisquer transformações significativas ou prolongadas sejam usadas apenas na Guarda Territorial ou em estados fortalecidos. A transformação da Ahri Florescer Espiritual em raposa é um exemplo bem-sucedido disso: vemos a forma totalmente animal apenas na Guarda Territorial e a de semi-raposa quando a ult está ativa.

Já as transformações quase permanentes, como a Leona Eclipse Solar e Eclipse Lunar, serão evitadas no futuro. A não ser que haja muita familiaridade com a skin, não dá para dizer se o brilho dela significa que Leona se transformou ou se ativou o Q e está prestes a atacar.

29_Solar_Eclipse_Leona.jpg

Animações Cosméticas

Para terminar, vamos falar sobre as animações cosméticas, como os retornos à base, as danças, as provocações e por aí vai. Resumidamente, nenhuma dessas animações deve fornecer uma vantagem competitiva. Isso pode parecer óbvio, mas, às vezes, as animações podem ser exageradas demais (ainda mais se usadas repetidamente) ou fazer com que os Campeões "abandonem" as caixas de colisão deles.

Isso é notável no Renekton Curtindo o Verão. Repetir o retorno dele é divertido mas distrativo, e a caixa de colisão não muda nem mesmo quando a forma do Campeão parece se mover para cima. Daqui em diante, será obrigatório que os Campeões permaneçam no círculo de retorno por pelo menos dois segundos (na real, queremos que continuem dentro dele o tempo todo).

Fim

Por hoje é só! Esperamos que nossa dedicação extra à clareza fique cada vez mais evidente. Se quiserem saber como trabalhamos a clareza em alguma skin ou Campeão específico, enviem uma pergunta usando esse formulário.

Thanks for reading. You’re all lovely. Goodbye!



  • Copiado para a área de transferência