Dev
Em busca do Espírito de Ionia

Os vídeos que mostram dois irmãos ligados por uma história.

DevAutorRIOT CASHMIIR
  • Copiado para a área de transferência

Nota do editor: boas-vindas de volta! Esperamos que você esteja curtindo o Florescer Espiritual da mesma forma que nós curtimos fazê-lo. Caso ainda não tenha visto, confira os artigos sobre a criação do universo[ e os Laços Espirituais . Volte na próxima terça para saber mais sobre o design de áudio das skins do Florescer Espiritual.

Quando vamos escrever novas histórias para os Campeões do LoL, nos sentimos praticamente em uma corda bamba. Queremos que a vida deles siga adiante, mas não podemos nos esquecer de que todos eles têm jogadores muito dedicados e, portanto, nós também temos que nos dedicar muito. Yone e Yasuo fazem parte desse grupo. Na verdade, por conta do passado complicado dos dois, mexer com eles é ainda mais difícil.

Irmãos da Lâmina Manchada e O caminho, uma lenda ioniana são uma boa introdução às histórias de Yone e Yasuo. Nessas histórias, exploramos os anos de treinamento dos dois, os momentos em que o honrado irmão mais velho controlou o temperamento do mais novo e o fatídico dia em que tudo acabou de forma dramática.

Mas aquele dia não podia ser o fim da história deles. Não com a volta de Yone, com Yasuo ainda buscando redenção, e com os dois ainda presos ao passado. Então, como podemos dar continuidade à história deles de uma forma que faça jus aos dois?

01_kin_concept13.jpg

Um passado partido, um presente reforjado

"Nós tínhamos duas ótimas histórias para contar", diz o líder de criação Mike "Riot Grizzly" Berry. "A história do Yasuo, que matou o irmão e agora tem que lidar com as consequências disso; a forma como isso o consome e como ele acaba desiludido, em busca de um caminho para se reerguer. E a história sob a perspectiva de Yone; como ele vai para o reino espiritual e acaba encontrando uma forma de sair de lá, e as mudanças que ele precisa enfrentar."

02_The_Path_Fox.png

Em O caminho, a origem de Yone segue uma abordagem mais... interpretativa. Quando a versão folclórica de Yone chega ao reino espiritual, ele é guiado por um certo espírito de raposa rumo ao descanso e à paz. Mas ele pode fazer uma escolha: seguir a raposa ou escutar o espírito da obsessão e ficar preso às decisões que tomou em vida.

"O conflito de Yone em O caminho é algo com que todas as pessoas na face da Terra se deparam em algum momento da vida", comenta o diretor de comunicação criativa Anton "Riot Manton" Kolyukh. "É a luta entre se deixar consumir por algo que aconteceu ou conseguir superar e seguir em frente. Isso é universal. Nós queríamos muito que os jogadores entendessem essa luta do Yone e compreendessem a decisão dele."

03_The_Path_Choice.png
Você devia tê-los salvado.

Yone permitiu que a culpa e a raiva o dominassem, abrindo espaço para que o azakana que o perseguia pudesse atacar. E, embora Yone tenha sobrevivido ao confronto, o caminho dele mudou para sempre. Ele se viu novamente no mundo mortal, mas com uma nova aparência, uma nova espada e um novo propósito: caçar e destruir os azakana.

Foi isso que o levou de volta a Yasuo.

04_kin_concept10.jpg

"Quando eu estava escrevendo o script de Irmãos, conversei muito com Michael ‘Riot Pls’ Yichao, que estava desenvolvendo o personagem de Yone", revela a escritora de narrativa Dana Luery "griddlebones" Shaw. "Primeiro, eu estava tentando entender quem era o Yone como Campeão, mas ficou claro que essa é a história de dois irmãos e, para entendê-los, era preciso entender o relacionamento entre eles."

Irmãos fala da luta de Yasuo para superar sua angústia, mas sua incapacidade de fazer as pazes com o passado acarreta terríveis consequências na forma de um azakana que se aproveita da situação.

05_kinGrab_18.jpg

O capítulo final da história dos dois irmãos juntos trata de absolvição. Quando Yone e Yasuo finalmente ficam cara a cara em Irmãos, eles precisam decidir se vão se enfrentar pelas transgressões do passado ou se vão superar, se unir e destruir o azakana. É a escolha deles nesse momento que faz com que Yasuo pare de fugir do passado e olhe para a frente, a fim de definir seu futuro.

Uma história, dois contos

Na verdade, as histórias de O caminho e Irmãos são duas partes que formam um todo. "Mas por que, Riot? Por que vocês não contaram toda a história, do início ao fim, em um vídeo só?" Boa pergunta. Assim como a história nesses dois vídeos, a resposta tem várias partes.

06_concept_Ionia_01_LL_01-04.jpg

"Quando começamos a pensar no Florescer Espiritual, em Yone, e na campanha como um todo, vimos que a história de Yone tinha duas partes", explica o escritor de narrativas sênior Phillip "KneecapPhilly" Vargas. "Uma, é claro, era a história de quem Yone é hoje: o Campeão de League of Legends. A outra é a do irmão que foi morto por Yasuo e de como ele se tornou a pessoa que é hoje. Sabíamos que O caminho seria lançado primeiro, então decidimos nos concentrar nessa história."

Como O caminho serviu de trailer para o Florescer Espiritual, ele precisava se encaixar no evento como um todo. E, como o Florescer Espiritual aborda o folclore de Ionia, a equipe achou que seria interessante adotar um tom mais místico.

07_The_Path_Fight_Concept.png

"Usamos o trabalho que a equipe de desenvolvimento temático[1] fez com as skins do Florescer Espiritual como inspiração para o estilo artístico de O caminho", explica Riot Manton. "Queríamos muito levar os jogadores para um lugar totalmente novo no LoL. Toda a atmosfera remete a temas folclóricos que ganharam vida. As imagens parecem a lembrança de algo que está sempre na ponta da língua, na imaginação, mas que não é totalmente real."

08_The_Path_Thresh_Gate.jpg

A música é um componente muito marcante nas narrativas visuais. Ela ajuda a definir o tom e pode fazer os espectadores mergulharem na história. Para manter a mesma abordagem de O caminho em relação à parte gráfica, o produtor Joe "Riot Joepod" Schlamme precisava encontrar um compositor que pudesse capturar essa atmosfera folclórica que a equipe buscava.

"O mais óbvio seria buscar uma trilha sonora inspirada no Leste Asiático, mas, a princípio, nós pensamos em melodias e instrumentos das tradições nórdicas e eslavas", conta Riot Manton. "Mas, quando o Riot Joepod nos mostrou o trabalho de Yutaka Yamada, percebemos que queríamos algo naquele estilo. Ele nos mostrou lindas melodias inspiradas no Leste Asiático, e aquilo tinha tudo a ver com o que estávamos buscando. Então, acabamos optando pelo mais tradicional."

09_kin_concept09.jpg

Ao contrário dos elementos místicos escolhidos pela equipe de O caminho, a equipe de Irmãos preferiu uma abordagem mais realista.

"Era muito tentador focar apenas na jornada de Yone. É uma história tão rica. Tinha um assassinato, uma luta no Reino Espiritual e uma máscara maneiríssima! Mas o início e o fim dessa jornada nos levam de volta a Yasuo", expressa Riot Grizzly. "Que bom que as pessoas puderam conhecer essas duas histórias, pois, embora não saibamos o caminho que eles seguirão agora, é muito impactante saber como eles chegaram até aqui e o que isso custou aos dois."

Para se concentrar mais em Yasuo, a equipe precisava mergulhar mais fundo no passado dele e mostrar como ele tinha ido parar onde estava. Portanto, foi necessário mostrar o momento em que tudo deu errado.

10_kin_concept12.jpg

Decidimos logo no início que queríamos mostrar a luta entre Yasuo e Yone na forma de flashbacks, mas tínhamos receio de que isso pudesse ficar um pouco confuso para os jogadores", explica o produtor de vídeo sênior/gerente de produto de Irmãos Scott "RiotSkewt" Roukema. "Estávamos trabalhando com o Grupo Haoliners no vídeo. Eles têm um estilo gráfico 2D muito bonito e queriam explorar mais seus limites com o 3D. Acabamos optando por uma combinação desses dois estilos para mostrar claramente as transições entre o passado e o presente de Yasuo."

11_kin_concept07.jpg

O resultado é como um fluxo contínuo entre as memórias de Yasuo e a dura realidade de seu presente.

Quanto à trilha sonora de Irmãos, nós queríamos criar uma linguagem musical que remetesse ao sentimento real, orgânico e natural de Ionia", revela Riot Joepod. "Achamos que o profundo conhecimento de vários instrumentos de todo o mundo, representando uma grande variedade de culturas e estilos, se adequava perfeitamente ao nosso caso."

A princípio, a música de Irmãos seria mais estilizada. Como Campeão, Yasuo não se encaixa em Ionia, e a equipe queria que isso também se refletisse na música. Mas, quando eles resolveram concentrar a história no relacionamento entre os dois irmãos e na dificuldade deles de seguir em frente, a equipe achou que qualquer coisa moderna e irreverente demais se desviaria do tema. No final, a trilha sonora se transformou em algo que refletia uma história muito mais profunda.

"Eu vejo Irmãos como a enterrada da vitória depois de uma ponte aérea de O caminho", brinca Riot Manton. "Essa história conta como esses dois personagens começam sua jornada de crescimento e conseguem deixar o passado para trás. Vemos isso em Irmãos com Yasuo, e que a mesma escolha foi feita anteriormente por Yone em O caminho. A coisa mais legal de cada um deles não podia ser a existência do outro. Então, eu acho que cada um dos vídeos serve para destacar as diferenças entre eles e para individualizá-los."

12_Kin_Poster.jpg

"As jornadas deles exigiram muito cuidado", acrescenta o gerente sênior de serviços criativos Mike "fragilemk" Hunau. "Para mim, o mais emocionante é ver como as escolhas desses Campeões fizeram com que eles se reencontrassem no final e, em vez de pensarem no passado, estão prontos para seguir a vida, não importa para onde ela os leve."



  • Copiado para a área de transferência