Dev
Pergunte à Riot: quero mais banimentos!

Diversidade na rota inferior, banimentos na Seleção de Campeões e o sabor das Poções de Vida.

DevJogadoresRiotScruffy, Riot Scathlocke, Jag
  • Copiado para a área de transferência

Boas-vindas ao Pergunte à Riot.

Nesta semana, falaremos sobre banimentos, poções e rota inferior.

Além disso, já podem nos enviar todas as suas perguntas! Cada uma delas vai ajudar a Nami na compra do Regenerador de Pedra Lunar. (Isso não é canônico. Minhas palavras não têm poder algum!).

Vocês podem adicionar mais banimentos à Seleção de Campeões, por favor?

O banimento é uma ferramenta valiosa que permite a todas as pessoas ter algum tipo de controle na hora de impedir um confronto ruim ou evitar um Campeão que acreditam estar forte demais. Às vezes (como agora mesmo!), nos perguntam se podemos aumentar o número de banimentos por partida. Ao analisar as consequências de aumentar o número de 10 para 20 (2 banimentos por pessoa), achamos que a mudança traria mais malefícios do que benefícios. Permitam-me explicar a nossa linha de raciocínio:

Benefícios de aumentar os banimentos:

  • Maior influência e controle sobre confrontos frustrantes ou simplesmente ruins;
  • Pequeno aumento de estratégia – criar uma boa equipe e considerar as contraescolhas na hora dos banimentos torna a pré-partida mais complexa.

Malefícios de aumentar os banimentos:

  • Maior complexidade e aumento na duração da Seleção de Campeões – já temos uma pré-partida consideravelmente longa e complexa. Preferimos que as pessoas comecem a jogar o quanto antes e com poucas possibilidades de reinícios.
  • Menor possibilidade de jogar com o Campeão desejado – uma das consequências de banir confrontos difíceis ou frustrantes é ter o seu próprio Campeão banido. Isso pode ser frustrante principalmente para pessoas novatas que só se sentem confortáveis com um pequeno número de personagens ou para especialistas em certos Campeões ou classes que tendem a sofrer mais banimentos (ex.: assassinos).
  • Casos extremos desastrosos – muitas das nossas posições e classes de Campeões podem ser completamente excluídas se mais banimentos forem adicionados. No geral, achamos que o jogo seria prejudicado se todos os atiradores, encantadores, assassinos ou tanques ficassem indisponíveis em determinadas partidas.

Quando aumentamos os banimentos de 6 para 10, sentimos uma melhoria clara e significativa. A complexidade da Seleção de Campeões caiu e atingimos um ponto ideal em que cada pessoa pode banir um Campeão. Isso não colocou nenhuma classe em risco de ser totalmente banida e, ao mesmo tempo, aumentou o poder de escolha de todo mundo.

Respondendo à pergunta, aumentar o número de banimentos no LoL hoje traria mais pontos negativos do que positivos. Porém, assim como tudo que fazemos, isso continuará sendo analisado e nossa opinião pode mudar no futuro.

Riot Scruffy, Diretor de Design de Jogo

Qual o gosto de uma Poção de Vida? Ela é realmente ingerida? Parece que os Campeões a tomam instantaneamente tanto durante a batalha quanto a caminho da rota.

Da perspectiva do universo de Runeterra, acho que sabemos muito pouco sobre o que o item do MOBA League of Legends pode representar. Tenho quase certeza de que não existe uma fábrica criando centenas de poções/elixires idênticos e comercializando pelo mundo. Além disso, será que a mesma bebida tem efeitos semelhantes em um humano adolescente, como o Ekko, em um deus-guerreiro, como o Nasus, ou até mesmo em uma estátua gigante de petricita, como o Galio?

Faria mais sentido a Poção de Vida ser um termo genérico para "algo que tomam para se curar", independentemente de ser algo mágico ou mundano. E, como foi apontado, dá para ter certeza de que é, de fato, uma bebida? Talvez os Campeões só passem o líquido nos ferimentos ou algo assim... Porém, isso demoraria mais para fazer efeito…

Como você já deve ter notado, estou tentando evitar dizer que, na verdade, eu não sei! Entretanto, sempre que estou levando aquela surra em uma partida de lolzinho (o que acontece com muita frequência), eu sempre imagino que a poção tem o mesmo gosto de um delicioso ponche de frutas.

A alternativa seria ela ter o gosto do remédio mais repulsivo que você pode imaginar, mas isso não teria graça alguma.

Riot Scathlocke, Editor-chefe de Narrativa

Por que a variedade na rota inferior não é uma questão mais discutida? Somente atiradores podem jogar na rota inferior?

Essa é uma pergunta interessante em que a percepção dificilmente equivale à realidade. Alguns dos Campeões com as maiores taxas de vitória na rota inferior não são atiradores, como Swain, Karthus e Heimerdinger. Além disso, várias das taxas de vitória mais altas entre os magos são na rota inferior, como é o caso de Veigar, Seraphine e Ziggs. Então, a resposta não envolve apenas fatores sistêmicos que influenciam quem pode jogar na rota inferior, e sim a impressão de que apenas atiradores assumem essa posição.

Claro, isso levanta outra pergunta: por que as pessoas têm essa impressão? Em grande parte, isso acontece por uma pressão social. Jogar com atiradores na rota inferior foi o meta dominante por anos, então pode ser assustador sair do meta na Seleção de Campeões. Além disso, a rota em dupla exige que as duas pessoas entendam bem os objetivos uma da outra, e jogar com Campeões incomuns pode dificultar isso. Por último, a própria afirmação é, de certa forma, uma profecia que se realiza por conta própria. Se as pessoas ficam sabendo que apenas atiradores são escolhidos na rota inferior, elas reforçarão esse padrão social toda vez que ele for questionado.

As mudanças no cenário profissional definitivamente mudaram essa opinião. O advento recente da Seraphine na rota inferior como uma estratégia competitiva viável também aumentou a taxa de escolhas dela na Fila Solo. A estratégia "Senna sem coletar" também provou que escolhas incomuns para a rota inferior podem ter sucesso. Tenho certeza de que veremos mais estratégias fora do meta no futuro.

Jag, Designer-chefe de Jogo

Tem alguma pergunta? É só clicar aqui, deixar a timidez de lado e perguntar o que quiser!



  • Copiado para a área de transferência