Dev
Visões de Balanceamento, 28/05

Filosofia e redução da mobilidade.

DevAutorRiotScruffy
  • Copiado para a área de transferência

A filosofia da mobilidade

A mecânica de mobilidade é uma das bases do combate do LoL, uma ferramenta que, além de empolgante, é necessária para manter os Campeões longe ou perto de outros elementos. Em alguns pontos, a mecânica de mobilidade avançou lentamente, incluindo itens que passaram dos limites iniciais para os quais foram planejados. Gostaria de falar com vocês sobre algumas das nossas filosofias de alto nível envolvendo essa mecânica e explicar como estamos trabalhando para ajustar o jogo e deixá-lo mais próximo do nosso ideal.

Ótimos usos da mecânica de mobilidade:

  • Mobilidade combinada com fraquezas - elementos como alcance baixo, pouco dano e poucas defesas. Eles fazem com que o Campeão com mobilidade tenha que "escolher as lutas" de maneira efetiva, já que ele não consegue necessariamente vencer um duelo 1v1 contra um Campeão com menor mobilidade.
  • Mobilidade sistêmica com um custo de oportunidade claro - assim como o tópico anterior, quando adicionamos mobilidade sistêmica por meio de itens ou runas, ela deve ter uma compensação significativa em relação às outras opções que oferecem mais atributos desejados pelo Campeão.
  • Mobilidade com restrições - uma mobilidade extremamente alta pode ser oferecida de maneira saudável se for acompanhada de restrições situacionais. Quando a mobilidade é aplicada apenas através de usos arriscados, agressivos ou contextuais, as pessoas que estão jogando como ou contra esse Campeão podem pensar em estratégias antes e durante as lutas. Bons exemplos: o Q da Irelia em tropas, a redefinição do W da Tristana e, pasmem, o E do Yasuo. Exemplo ruim que foi removido: o R1 original da Akali, que não precisava de alvo e acabava fornecendo à Campeã muito poder de iniciação e escape simultaneamente.
  • Tempos de Recarga muito longos em mobilidade sistêmica - com Tempos de Recarga extremamente longos, a mobilidade sistêmica permite que as classes superem suas fraquezas. Se a oportunidade de ir além da distância normal é uma ação rara e preciosa, ela acaba acrescentando estratégia, empolgação e uma maneira das pessoas romperem o fluxo normal de combate algumas vezes por partida. O melhor e único exemplo disso é o feitiço Flash.

Usos ruins da mecânica de mobilidade:

  • Mobilidade sistêmica que elimina a fraqueza de uma classe - algumas classes (como os Colossos) foram criadas com forças excepcionais envolvendo a falta de mobilidade. Permitir que tenham muito acesso à mecânica por meio de runas ou itens pode arruinar tanto as expectativas das pessoas na partida quanto as fraquezas planejadas para a classe. Isso não significa que eles nunca terão acesso à mobilidade, mas ela precisa ser concedida com mais cuidado. A mobilidade sistêmica é uma área que foi muito mais longe com a atualização dos itens e seus acompanhamentos. Logo, nossos ajustes focarão esse espaço.
  • Ajustes na mobilidade que ultrapassam os padrões do jogo - nós temos alcances, Velocidades de Movimento, alcances de avanço e velocidades de avanço determinadas para todos os Campeões e itens. Seria um problema se as ferramentas de mobilidade dos novos Campeões ou dos novos itens sempre fossem um pouco mais fortes do que as ferramentas dos Campeões e itens já existentes. Afinal, esse descuido seria agravado ao longo do tempo e alteraria consideravelmente a mobilidade média do jogo.
  • Excesso de mobilidade sem restrições - tanto os Tempos de Recarga baixos quanto a liberdade de escolher um alvo podem tornar a mobilidade uma ferramenta poderosa demais, sem uma boa resposta à disposição dos oponentes. Se um Campeão pode escolher sempre quando entrar ou sair das lutas, ele não precisa se arriscar nem se comprometer a lutar com tudo. O mais próximo que chegamos disso foi com o Kassadin no nível 16, mas, nesse caso, ele precisa sobreviver a uma desvantagem no início de jogo para depois chegar a esse ponto de extrema mobilidade.

Como chegamos aqui? Para encontrar grandes melhorias, é necessário forçar e testar os limites do jogo. Porém, isso significa que, algumas vezes, vamos exagerar e será necessário reverter a situação. Pensando nisso, estamos trabalhando em mudanças que visam ajustar alguns excessos de mobilidade (pequenos e grandes) que podem estar indo longe demais e eliminando algumas fraquezas das classes. Teremos algumas dessas mudanças daqui a algumas atualizações. Mais uma vez, valeu por jogar o LoLzinho com a gente.



  • Copiado para a área de transferência