Desafio Última Escolha: qual o seu atirador?

Por: LeonButcher

“Eles perderam esse jogo nos picks e bans”. Com certeza você já ouviu essa frase, e por mais que pareça exagero (afinal, existem dezenas de fatores que pesam no resultado final), ela carrega uma boa dose de verdade. Os jogos não são definidos na Escolha de Campeões, mas uma boa fase de "picks" pode ter um impacto gigantesco no andamento da partida.

Estamos aqui hoje para propor um desafio de "picks" e aproveitar para conversar sobre diferentes tipos de composição de times.

Composições de equipe

Antes de começarmos a falar sobre picks e bans (nome em inglês e termo de referência para Escolha de Campeões), é importante entender o que é composição de equipe. Aqui também utilizamos o termo em inglês “comp”.

Comp é a maneira com que sua equipe trabalha os pontos fortes de cada campeão para o uso em conjunto no decorrer do jogo. Imagine no futebol: vamos jogar na retranca para segurar o resultado? Ou, sabendo que o time deles é ofensivo, vamos jogar com calma e esperar a chance de contra-ataque?

A escolha de cinco campeões indica qual é a estratégia que a sua equipe irá utilizar, enquanto o adversário responderá com outra tática. No final das contas, é uma briga bem estratégica para saber quem vai destruir o Nexus adversário.

  • Composição de poke

    Quando seus campeões são especialistas em ataques à (quilômetros de) distância, causando muito dano antes mesmo de a luta começar.
    Ex: Nidalee (e sua simpática lança), Caitlyn e Corki.

  • Protect the Carry

    Para “proteger o carregador”, escolha um campeão forte para o "late game", e conte com a proteção do time.
    Ex: Vayne, Kog’Maw, Tristana (dano), seguidos de Lulu, Janna e Nunu (proteção).

  • Hard engage

    A “iniciação pesada” serve para entrar com tudo, sem dar chances de reação. Use campeões que conseguem iniciar rapidamente e com controle em área.
    Ex: Jarvan, Leona e Malphite.

Essas situações são mais comuns entre equipes ranqueadas e campeonatos profissionais. Os picks e bans de filas ranqueadas solo e jogos em modo normal são um mundo um pouco diferente, pois seguem um estilo de jogo mais individual do que coletivo, mas as informações continuam sendo indispensáveis.

Banimentos: o começo da "comp"

Antes de escolher é preciso banir, e boas decisões aqui podem ser meio caminho andado para você encaixar uma boa composição. O jogador Miorim12 criou uma discussão interessante no fórum sobre a fase de banimentos, citando algumas composições.

Em resumo, você precisa pensar em vários fatores: Conheço o adversário? O que está sendo mais utilizado no momento? Há algum campeão que seja forte contra a composição ou campeão que eu quero escolher? São perguntas assim que vão ajudar você e sua equipe a chegarem às conclusões.

Um exemplo é o banimento de Janna contra composições de hard engage, já que seu tornado e seu ult são boas ferramentas de afastar os adversários e prevenir iniciações.

Quebra-cabeça

Entre os mais de 100 campeões em League, como escolher apenas um? E em 30 segundos?

A diversidade é a grande chave para se entender jogos de quebra-cabeça durante a fase de campeões. Veja a Lulu, por exemplo. Mesmo que ela seja escolhida, não está claro qual papel ela vai desempenhar, já que pode ser utilizada no topo, no meio ou como suporte. Uma escolha como essa permite a você "jogar" com as escolhas do adversário e tentar conseguir uma rota mais tranquila. Como a Lulu é um campeão fraco contra muito controle em grupo, você naturalmente escolherá uma rota em que o adversário escolheu um campeão com menos habilidades nesse quesito.

Alguns campeões, como Lulu, podem preencher diversas posições, como topo, meio ou suporte. Use essa versatilidade a seu favor.

Além desse jogo de adivinhação, as composições também são pensadas de acordo com as escolhas do adversário. Caso eles tentem montar uma composição com dano à distância (o poke), uma boa resposta é o hard engage. Iniciando de maneira rápida, você quebra a barreira de distância entre sua equipe e o adversário, eliminando o grande poder deles.

No fórum, o jogador Ivory criou uma discussão bem bacana sobre como funciona a priorização de campeões e o conceito de power pick, ou campeões fortes no meta atual e que conseguem se virar de maneira independente e sem sair da composição da sua equipe.

Desafio - Última Escolha

Poderíamos falar muito mais sobre picks e bans, mas chegou a hora de um pequeno desafio. Na simulação abaixo está a composição de duas equipes. Seu time à esquerda, o adversário à direita, com os campeões dispostos na ordem "padrão" (de cima para baixo: topo, selva, meio, atirador, suporte).

Pense bem no campeão que você escolheria para encaixar na sua equipe. Você é o atirador, e tem 30 segundos. Qual será a sua escolha?

Escolha seu atirador

  • Corki
    Tweet: Eu vou de Corki no Desafio #ultimaescolha #lol http://ctt.ec/af39Y+

    Grande escolha. O Bombardeiro Ousado é, provavelmente, uma das melhores escolhas para essa partida. Ao mesmo tempo em que a parceria com Thresh consegue pressionar a rota de baixo contra Ezreal e Blitzcrank, Corki causa dano à distância com seus mísseis (formando uma composição de poke junto de Nidalee e Xerath). De bônus, ele tem a habilidade Valquíria para escapar dos inimigos.

  • Graves
    Tweet: Eu vou de Graves no Desafio #ultimaescolha #lol http://ctt.ec/8hV9I+

    Graves é uma escolha boa para a partida. Com a ajuda de Thresh, o Foragido pode vencer Blitz e Ezreal na rota de baixo, e sua passiva (que aumenta suas habilidades defensivas) permite sobreviver iniciações pesadas e sair de situações perigosas utilizando Saque Rápido (vai que é sua, Emperor!). Seu combo de Chumbo Grosso e Efeito Colateral é muito eficiente para finalizar oponentes com pouca vida pelo poke de sua equipe, e combina muito bem com as habilidades em área do Mega Gnar.

  • Jinx
    Tweet: Eu vou de Jinx no Desafio #ultimaescolha #lol http://ctt.ec/0Un44+

    Ela consegue limpar as tropas na fase de rotas de maneira rápida, e não encontraria problemas ao bater Ezreal na coleta de recursos. O grande problema de Jinx seria a forte iniciação adversária com Blitzcrank, Jarvan ou Lissandra, já que nossa atiradora frenética não consegue escapar das habilidades sem gastar o Flash. Seu ponto forte fica em lutas bem coordenadas, já que suas habilidades combinadas com Thresh, Gnar e Xerath são fatais.

  • Sivir
    Tweet: Eu vou de Sivir no Desafio #ultimaescolha #lol http://ctt.ec/5W57t+

    A escolha de Sivir tem seus pontos altos e baixos. Por ser uma campeã de mobilidade e pressão nas torres, a Mestra da Batalha conseguiria colocar Ezreal para abater tropas debaixo da torre, e Na Caçada é excelente para iniciações rápidas com Gnar. O maior ponto fraco seria, principalmente, o Rumble adversário, que pode se juntar com Jarvan para cercar a equipe e cortar a mobilidade com a lentidão do Equalizador.

  • Vayne
    Tweet: Eu vou de Vayne no Desafio #ultimaescolha #lol http://ctt.ec/55bkG+

    Com pico de poder no final do jogo, Vayne sofreria contra essa composição. Ezreal consegue dividir a pressão durante a fase de rotas, e puxões do Blitz são mortais para atiradores que não possuem uma distância de ataque grande. Fora isso, Lissandra e Rumble dominam as lutas contra a Caçadora Noturna por sua grande quantidade de controle de grupo, segurando o ímpeto da atiradora e deixando-a em maus lençóis.

No geral, um atirador forte contra a composição de Rumble com Jarvan IV é um campeão que consiga dar dano à distância e empurrar a rota com facilidade, permitindo sua movimentação com o suporte e apoio às lutas sem se colocar em situações de perigo. Na Semana 6 do CBLoL, a INTZ teve como grande destaque o atirador micaO utilizando Corki contra a forte composição de luta da Jayob. Com bom posicionamento e oportunismo, o atirador terminou a partida 10/0/11, como você pode conferir no vídeo abaixo.



4 years ago


Conteúdo Relacionado