Valores de Design de LoL: Perícia

Por: Zileas
Esta é a segunda coluna sobre os Valores de Design de League of Legends! Na edição anterior, Richard “Nome” Liu - designer de ambiente - comentou a fundo a importância da Clareza em League of Legends. Nesta semana, Tom “Zileas” Cadwell, vice-presidente de game design da Riot, vem falar sobre um dos temas centrais de League: a busca pela perícia.

Zileas já faz parte da Riot Games há um tempão, e foi ele que elaborou alguns termos que usamos em nossa série de valores de design - como Contrajogadas. Só que hoje Zlileas comentará a perícia, já que ela se liga a toda decisão de design que tomamos para League e porque é tão importante para o jogo como um todo. Sempre em frente!
Chris ‘Pwyff’ Tom

Perícia

Jogadores se deixam atrair por gêneros diferentes de games por várias razões. Nos MMOs, pode ser aquela sensação de progressão ou feito social. Em jogos para um só jogador e foco na trama, pode ser pela imersão ou explorar uma narrativa profunda. No gênero MOBA, achamos que o principal impulso que mantém os jogadores é a busca pela perícia.

Tanto faz se seu objetivo da vez é ser o melhor do mundo em League ou se é aprender como dar o golpe final - jogar LoL se trata de crescimento contínuo e tornar-se um jogador melhor. Achamos que os jogadores de League têm esta perícia como objetivo, e nossa filosofia de design está profundamente ligada a esta ideia. Da nossa parte, esperamos fazer da jornada do jogador algo rico e cheio de realizações; alguém que se adapta de forma rápida e instintiva deve ser tão recompensado quanto outro jogador que passa dias descobrindo qual o melhor caminho a seguir - ambos estão em busca de perícia de formas diferentes.

Nós identificamos três grandes áreas de perícia: experiência pessoal, trabalho em equipe , e adaptabilidade.


Experiência pessoal

A experiência pessoal é a habilidade direta que você usa ao controlar seu personagem para vencer uma luta ou ganhar ouro. É sua capacidade de dar o golpe final, executar um combo básico, esquivar, acertar disparos de precisão ou tomar uma decisão certeira em uma luta. Algumas das maneiras como podemos apoiar a experiência pessoal incluem:

Criar caminhos de otimização para Campeões é uma estratégia de design em que temos investido mais durante os últimos anos. Quando criamos ou atualizamos Campeões, perguntamos se existem vários níveis possíveis de perícia - pontos onde um jogador pode fazer aquele ajuste fino em suas habilidades e até mesmo melhorar com o tempo. Yasuo e sua passiva, Estilo do Errante, servem como bons exemplos de como melhorar a perícia; maximizar o Fluxo por meio do movimento e uso de habilidade (e garantir que grandes aumentos de fluxo não sejam “desperdiçados” em uma barra cheia) podem separar os bons Yasuos e os ótimos Yasuos.

Recompensar demonstrações constantes de habilidade é uma filosofia importante para nós, e isso significa ajustar os casos onde isto não está funcionando. Por exemplo: reajustes de sistema são grandes projetos que tentam criar mais potencial para a perícia. Nós continuamos a analisar League e nos perguntamos: quando e onde os jogadores não conseguem usar sua habilidade e brilhar? E onde existirem esses problemas, há alguma maneira de consertarmos?

Eis aqui alguns exemplos das mudanças da pré-temporada de 2014 onde estes reajustes de sistema recompensavam a habilidade constante:

  • Reduzir o efeito bola-de-neve permitiu que os jogadores vencessem mais graças à sua habilidade em vez de seus atributos. Quando equipes passam por um efeito prematuro e descontrolado de bola-de-neve, isto impossibilita a recuperação de até mesmo as equipes mais incríveis. Por outro lado, um jogador individual que estiver superforte ainda pode ser o alvo primário e ser abatido.
  • O escalonamento mais forte dos suportes permite que jogadores desta classe continuem a mostrar sua habilidade até o final da partida - em vez de ficar sob a sombra do resto de seu time em termos de importância. Quando seu nível de poder é diferente demais dos outros jogadores na partida, até mesmo os muito habilidosos podem achar que não estão fazendo diferença.

Contrajogadas, que serão detalhadas pelo Morello em uma edição futura, é a filosofia de criar Campeões que sejam desafiadores de dominar - tanto para os jogadores que os usarem quanto para o rival que os enfrentarem. Quando dois Campeões lutam, queremos que a nuance, raciocínio e senso de tempo importe para ambos, o que significa que o melhor jogador deve vencer. Você é tão bom quanto os rivais que conseguir derrotar, e um Campeão que não deixar espaço para contrajogadas é aquele que, caso executado à perfeição, deixa o rival sem escolhas (ou praticamente sem escolhas).


Trabalho em equipe

O trabalho em equipe é a capacidade de ler as intenções de um companheiro de time enquanto também dá sinais, ou a habilidade de manter a positividade quando imprevistos acontecerem, ou fazer o que é melhor para a equipe a qualquer momento.

Nosso meio de criação visando o trabalho em equipe foca em duas áreas principais: jogadas em grupo e incentivos de equipe.

Jogadas em grupo fazem parte de uma filosofia de design similar à das contrajogadas, e Statikk as comentará mais a fundo em seu blog do desenvolvedor. Resumindo: se uma estratégia ou conjunto de habilidades em particular se tornam mais forte com a coordenação eficaz e crescente da equipe, vemos estas jogadas em grupo. Em um nível básico, isto significa que precisamos criar um jeito onde seus companheiros de equipe se importem com o que você estiver fazendo e reajam de acordo. Para isto, tentamos criar habilidades - como a Passagem Sombria de Thresh - que têm um grande aumento de poder quando a equipe colabora de forma eficaz.

Incentivos de equipe encorajam que os jogadores trabalhem em grupo. Sistemas básicos como o ouro na assistência são um exemplo disso, assim como objetivos tais quais as torres, dragão e barão. Também posicionamos todas as recompensas de fora do jogo de LoL e partidas ranqueadas (vitórias / derrotas) em torno do sucesso do time para recompensar os jogadores que trabalharem em equipe. O efeito final disto é ajudar os jogadores a entenderem que o caminho para a perícia deve envolver a perícia do trabalho em equipe.


Adaptabilidade

Dois aspectos caem sob esse: a habilidade de aprender e responder as novas ideias, ameaças e mudanças - e a habilidade de jogar em uma variedade de estilos. Jogadores diferentes são adaptáveis de formas diferentes. Alguns preferem escolher uma grande quantidade de Campeões; outros preferem investir seu tempo em uma entre tantas outras composições. Nós tentamos apoiar ambos os lados; fundamentalmente, acreditamos que ser um jogador adaptável é necessário nesta busca pela perícia.

Nosso método primário de recompensar a adaptabilidade é por meio de mudanças de sistema e de balanceamento de jogo. Nossa aspiração é manter o máximo possível de Campeões viáveis no nível competitivo (admitimos que nem sempre com sucesso) e também passamos muito tempo tentando aumentar a quantidade de estratégias viáveis para equipes. Quanto melhor o jogo é balanceado, mais podemos recompensar os jogadores que continuam sendo adaptáveis ao enfrentar uma variedade de ameaças, e recompensá-los de forma similar por eles investirem tempo em aprender a jogar com Campeões e estratégias menos populares.


Considerações finais

Estamos comprometidos com a melhoria do potencial de perícia em League of Legends e também esperamos ajudá-los a entenderem as maneiras como vocês podem alcançar este objetivo (e se não estivermos, fale com a gente!). Nossa crença fundamental está em um jogo onde você sabe que está melhorando ao se esforçar e que também traz um clima de recompensa ao jogar. Nós também esperamos que você esteja comprometido com sua própria perícia - e esta edição do blog pode servir de lembrete para que você se desafie a dominar novas habilidades, Campeões e estratégias!


Tom "Zileas" Cadwell

5 years ago


Conteúdo Relacionado